Casa Durval Paiva vence prêmio ENATS de Boas Práticas de Gestão

ONG completa 24 anos de existência nesta quinta-feira, celebrando vidas.

Fátima Elena Albuquerque,
Fladson Soares/Nominuto.com
Há 24 anos, Casa fundada por Rilder Campos atende crianças e adolescentes com câncer e doenças hematológicas crônicas e seus familiares.

A Casa Durval Paiva de Apoio à Criança com Câncer completa nesta quinta-feira (11) seu 24º aniversário, celebrando vidas. A comemoração será a partir das 14h30, com apresentação de mães e pacientes, depoimentos de superação, palavra da direção e o tradicional parabéns. Além do aniversário, a entidade também tem outro motivo para comemorar: ela foi vencedora do prêmio ENATS de Boas Práticas de Gestão do 3º Setor 2019, conferida pelo Centro Mineiro de Alianças Intersetoriais (CeMais) na categoria Organizações de Médio Porte, por sua excelência em transparência. Em 2018, a Casa já havia sido eleita a melhor Ong do Brasil e em 2017, a melhor do Nordeste, pelo Instituto Doar e a Rede Filantropia.

De acordo com o presidente da Casa Durval Paiva, Rilder Campos, desde a origem, a organização interagiu com a sociedade e é mantida por ela. “São quase 20 mil pessoas que doam todos os meses”, destacou. E acrescentou: “na hora em que a gente tem esse reconhecimento, em cima da transparência e da visibilidade da casa e em cima dos processos de gestão, isso é muito gratificante, pois, na verdade, é o feedback que a gente dá para a sociedade”, disse.

RILDR-H2

Os prêmios, segundo Rilder Campos, também espelham os números da instituição. Em 24 anos de existência a Casa já acolheu 1.551 crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer e doenças hematológicas crônicas, oriundos de 133 municípios do RN, também da Paraíba, Piauí, Sergipe e do Ceará. Atualmente, 557 pacientes são assistidos, juntamente com seus familiares.

O presidente da Casa Durval Paiva também explicou que um dos focos da entidade é fazer as coisas muito claras. “Na hora em que se têm financiadores, que é a sociedade, é preciso dar um retorno de nossas ações. Hoje, as pessoas estão muito discrentes nas coisas: 78% dos brasileiros doam e 54% não acreditam na instituição que doam. Então, a gente procura trabalhar com transparência, dando feedback do que a gente faz”, frisou.


Confira a entrevista:


AMS

Tags: Casa Durval Paiva de Apoio à Criança com Câncer Rilder Campos RN Acontece
A+ A-