Veja e Istoé destacam prisão de Michel Temer e assessores

Ex-presidente, ex-ministro Moreira Franco e coronel Lima foram presos na última quinta-feira pela PF.

Da redação,
VEJA-Veja

A prisão de Temer

A matéria de capa da revista Veja desta semana traz a prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB). No texto, a publicação ressalta que o fato é um golpe duro para o MDB, que fica enredado em uma investigação de múltiplos casos de corrupção.

A veja retratou como foi a quinta-feira do ex-presidente e revelou detalhes de momentos que antecederam a prisão de Michel Temer, detido mediante pedido de prisão preventiva expedido pelo juiz Marcelo Bretas, da Justiça Federal do Rio de Janeiro. 

Leia mais em www.veja.abril.com.br



EPOCAÉpoca

Gays podem ser curados

Na capa desta semana, a Época traz a história do pastor sargento Isidório, o deputado federal do Avante, mais votado no estado da Bahia, que diz ser ex-gay. Segundo sua interpretação da Bíblia, a homossexualidade é uma transgressão tão grave quanto roubar ou matar. A razão, ele explicou: “O pior pecado é a negação da espécie, porque homem com mulher vem filho. Homem com homem não vem nada”. 

Leia mais em www.epoca.globo.com




CARTA1Carta Capital

Trump acima de tudo

Pateta vai à Disney. Com seu complexo de vira-lata, Bolsonaro apresenta-se a Donald, o presidente Trump, como uma criança deslumbrada no parque. A primeira e aguardada entrevista coletiva de Bolsonaro com Trump durou cerca de vinte minutos e deixou no ar tempo bastante nebulosos para o presidente venezuelano Nicolás Maduro. Perguntado sobre a possibilidade de atuação militar no país, o líder americano usou a resposta vaga – e abrangente – de sempre: “Todas as opções estão abertas.” 

Leia mais em
www.cartacapital.com.br



ISTOEISTOÉ

Salve-se quem puder

Na matéria de capa, a revista fala sobre a prisão do ex-presidente e de seus assessores próximos como possibilidade de inaugurar a ‘era da tolerância zero’ na operação Lava Jato. À mesma medida, a publicação ressalta que a decisão judicial que mandou para prisão Michel Temer, Moreira Franco e o coronel Lima pode ter sido proferida sem embasamento jurídico para fundamentar as prisões.

Leia mais em www.istoé.com.br

Tags: Revistas semanais
A+ A-