Vaticano modifica Catecismo e declara pena de morte como 'inadmissível'

Papa Francisco se compromete a lutar pelo fim da medida.

Da redação, Estadão Conteúdo,
L'Osservatore Romano

O papa Francisco introduziu no Catecismo o compromisso da Igreja Católica de lutar pelo fim da pena de morte, que agora será considerada “inadmissível”, anunciou nesta quinta-feira (2), o Vaticano.

“A Igreja ensina, à luz do Evangelho, que a pena de morte é inadmissível, porque atenta contra a inviolabilidade e a dignidade da pessoa, e se compromete com determinação pela sua abolição em todo o mundo”, afirmou o pontífice em uma audiência concedida ao prefeito regional da Congregação para a Doutrina da Fé, Luis Ladaria Ferrer.

Ferrer afirmou em um comunicado que foi autorizado pelo papa a introduzir o novo posicionamento em relação à pena de morte, prevista no artigo 2.267 do Catecismo católico.

Tags: Igreja Católica Papa Francisco
A+ A-