Santos Mártires do Cunhaú são celebrados com ampla programação em Canguaretama

Comandada pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, celebração faz parte do roteiro religioso do Estado.

Da redação,
Cacilda Medeiros
Encenação do martírio sofrido pelos devotos católicos nos arredores da Capela de Nossa Senhora das Candeias, em Cunhaú.

Com uma extensa programação, será iniciada neste domingo (7), em Canguaretama, mais uma grande celebração dos Santos Mártires do Cunhaú. As festividades seguem até o dia 16 de julho, Dia dos Santos Mártires do Cunhaú, com programações diárias e contam com o apoio da Prefeitura Municipal de Canguaretama. Milhares de fiéis são aguardados na cidade. 

Comandada pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição, a celebração dos Santos Mártires do Cunhaú já virou uma tradição no roteiro religioso do Rio Grande do Norte. A Missa por Cura, Benção das Velas e Envio dos Oratórios abre a programação no próximo domingo (7), às 10h, no Santuário Chama do Amor.

Nos dias 13 e 14, acontecem o MartFest e o MartBike, respectivamente. Momentos em que os fiéis ganham as ruas de Canguaretama, a pé e de bicicleta, manifestando a sua fé nos Santos Mártires e louvando a Deus. As novenas serão diárias, entre os dias 7 e 15, também no Santuário Chama do Amor.

Outro grande momento está marcado para o dia 16 de julho, data oficial da celebração dos santos canguaretamenses. A programação contará com alvorada festiva, acolhida, missa, show religioso, uma dramatização do morticínio e Missa Solene com Dom Jaime Vieira Rocha, Arcebispo Metropolitano de Natal. 

Santos brasileiros

Desde 2017, o número de santos brasileiros saltou de 6 para 36 no Vaticano. Em cerimônia comandada pelo Papa Francisco, os 30 mártires de Cunhaú e Uruaçu foram declarados santos na canonização que foi acompanhada por aproximadamente 50 mil pessoas, que lotaram a Praça de São Pedro. 

O movimento de turismo religioso foi iniciado desde a beatificação dos mártires de Cunhaú e Uruaçu, que aconteceu na Praça de São Pedro, no Vaticano, no dia 5 de março de 2000. “A cada ano, o número de fiéis vem crescendo e movimentando a nossa cidade. Com a canonização, esse fluxo trazido pelo turismo religioso aumentou ainda mais e Canguaretama está pronta para receber esses turistas”, declarou Fátima Marinho, prefeita do município.

Tags: Religião
A+ A-