Papa faz alerta sobre riscos do populismo e de sociedades fechadas

Pronunciamento ocorreu durante audiência celebrada ao Sínodo dos Bispos.

Da redação, Agência Brasil,
Angelo Carconi/Ansa/Agência Lusa
Papa Francisco elogiou a internet por ser segura e rápida, mas recomendou que os jovens fiéis não se acostumem a utilizá-la.

O papa Francisco fez um alerta aos jovens hoje (6) sobre os riscos do populismo, das sociedades fechadas e do uso abusivo da internet.

O alerta ocorreu durante audiência celebrada ao Sínodo dos Bispos.

O pontífice ouviu, ao lado de vários bispos, os depoimentos de parte dos 7 mil jovens convidados para o evento que termina no próximo dia 28 de outubro.

"Façam seu próprio caminho, sejam jovens em movimento, que olham para o horizonte e não para o espelho", aconselhou o papa.

Viver com coerência

Francisco refletiu sobre a importância de viver com coerência e reconheceu que compreende o sentimento dos jovens quando a Igreja Católica não se comporta dessa forma.

Por outro lado, o pontífice elogiou a internet por ser segura e rápida, mas recomendou que os jovens fiéis não se acostumem a utilizá-la.

"Se a vida for isso, terminaremos com uma família na mesa, no almoço ou no jantar, com cada um com seu telefone conversando com outras pessoas ou entre eles, sem uma relação concreta ou real", lamentou Francisco.

O papa também afirmou que o populismo não tem relação com o que é popular, sendo aplaudido pelos presentes ao evento. Na verdade, segundo Francisco, o significado real deste movimento é o oposto.

"O popular é a cultura do povo expressada na arte, na ciência, nas festas. O populismo é o contrário, é fechado em si próprio. Quando se permanece fechado, não se pode seguir adiante. Estejam atentos", alertou o papa.

Perguntado sobre como vencer a mentalidade que aponta o estrangeiro e o imigrante como inimigos, o papa disse que o caminho é apostar no amparo, no diálogo e no amor, que, segundo ele, abre todas as portas.

O Sínodo busca ouvir as experiências e problemas que afetam as novas gerações para orientar a Igreja Católica. Os encontros com adolescentes ocorrerão até o próximo dia 28 de outubro.

Tags: alerta aos jovens Papa Francisco Sínodo dos Bispos
A+ A-