Ministério Público Federal investiga Fundação Vingt Rosado

Dois procuradores reforçam trabalho que aponta para desvio de recursos da União.

Carlos Santos,
Ministério Público Federal está reforçado em Mossoró. Em foco, a investigação especial que está sendo afunilada quanto à Fundação Vingt Rosado.

Além do procurador Fernando Braga Damasceno, é adicionada ao trabalho a procuradora Marina Romero de Vasconcelos. Ambos mergulham num emaranhado de situações suspeitas sob apuração.

Inicialmente, há constataçâo de que teria ocorrido desvio de R$ 800 mil, que deveriam servir à compra de remédios. Contudo, pelo que o portal Nominuto.com apurou, os números são ainda mais expressivos e assustadores, com enredo onde entram emendas ao Orçamento Geral da União, empresa fantasmas e política.

Esta semana, uma série de depoimentos foram tomados, envolvendo empresário do setor de remédios e pessoas ligadas à deputada Sandra Rosado (PSB), ao ex-deputado federal Laíre Rosado (PSB) e à deputada estadual licenciada Larissa Rosado (PSB). Todos têm vínculo com a Fundação Vingt Rosado.
A+ A-