Lula participa de evento protocolar em Parnamirim

Presidente comandou solenidade de formatura de novos aviadores, mas não fez discurso devido a cerimonial militar.

Marcos Alexandre,
Fotos: Vlademir Alexandre
Lula na Base Aérea de Parnamirim: solenidade com silêncio raro
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva cumpriu na tarde desta sexta-feira, em Parnamirim, um dos compromissos mais protocolares de sua agenda recente. Ele esteve na Base Aérea da cidade para integrar a cerimônia de formatura de novos pilotos de combate da Força Aérea Brasileira. Não fosse por todo o aparato de segurança montado para a solenidade e pela natural atração de olhares, poucos diriam que um presidente da República estava ali.

Seguido no dispositivo oficial pela governadora Wilma de Faria (PSB), pelo presidente da Assembléia Legislativa, deputado Robinson Faria (PMN), pelos prefeitos de Natal e Parnamirim, Carlos Eduardo (PSB) e Agnelo Alves (sem partido), respectivamente, pelas deputadas federais Fátima Bezerra (PT) e Sandra Rosado (PSB), pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim, e pela primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, além de autoridades militares, o presidente Lula sequer fez discurso.

Em razão do cerimonial militar, que não permite pronunciamentos de civis em eventos do gênero, as únicas palavras presidenciais se limitaram às da mensagem oficial dirigida aos formandos. Elas foram lidas pelo mestre-de-cerimônia e não ultrapassaram o limite ritualístico, com saudações aos novos pilotos e votos de sucesso e responsabilidade. Diferente do que costuma ocorrer em eventos de que o presidente participa, desta vez não houver quebra de protocolo.

Além da formatura dos 107 novos pilotos, houve entrega de medalhas do “Mérito Santos Dumont”, concedida pelo comandante da Aeronáutica, Juniti Saito. Receberam a medalha a primeira-dama Marisa Letícia, o secretário de Defesa Social e de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Carlos Castim, o procurador-chefe da União, Niomar Nogueira de Souza, e o suboficial da Aeronáutica, Gilmar da Silva.

Dentre todos os formandos, estavam as 11 primeiras aviadoras de caça do país, de cuja turma Marisa Letícia foi madrinha. As novas aviadoras são Camila Bolzan, Adriana Gonçalves, Juliana Barcelos, Gisele Oliveira, Fabrícia Aguiar, Fernanda Kozlowski, Daniele Lins, Dayana Santos, Joyce Souza, Carla Garcia e Márcia Regina Cardoso.

Quanto a Lula, que não discursou nem concedeu entrevista aos jornalistas que cobriram a cerimônia, deixou a solenidade tão calado quanto chegou. Falar mesmo, só mesmo com as autoridades no espaço vip montado na Base Aérea. Algo raro de se acontecer em se tratando de Lula, que deixou o Rio Grande do Norte no início da noite.
A+ A-