Governadores do Nordeste começam a discutir concessões para a região

Encontro está sendo realizado no Hotel Barreira Roxa, na Via Costeira.

Da redação,
Demis Roussos/Assecom
Segundo a governadora Fátima Bezerra, é lamentável que o Brasil seja um dos poucos países que não taxou as grandes fortunas.

O Fórum de Governadores do Nordeste acontece nesta tarde no Hotel Barreira Roxa. No encontro, não se fazem presentes os chefes do Executivo de Alagoas, Renan Filho (MDB), e do Ceará, Camilo Santana (PT), que está sendo representado pela vice-governadora Isolda Cela (PDT). Ao iniciar sua fala durante o evento, a governadora Fátima Bezerra defendeu a reforma tributária e reafirmou o compromisso da saída do modelo regressista para o modelo progressista. “É lamentável que em pleno século 21, o Brasil seja um dos poucos países, por exemplo, que não taxou as grandes fortunas”, afirmou.

A governadora lembrou que apesar da importância para o futuro do Brasil, as discussões sobre a proposta sempre esbarram em obstáculos.  “Esta é uma das reformas mais impactantes, mais essenciais, no entanto, até hoje não conseguimos avançar nesse tema. Nosso papel, no fórum de governadores do Nordeste, é formular uma proposta para levar a debate no fórum geral de governadores".

A chefe do Executivo potiguar colocou em pauta também o Projeto Nordeste Conectado como sendo uma das prioridades da agenda do Consórcio Nordeste. O assunto dá prosseguimento à pauta da reunião ocorrida em 21 de agosto em Teresina (PI). O Projeto visa ampliar a conexão de internet em banda larga na região. “A chamada infraestrutura tecnológica se impõe pelos tempos que nós vivemos hoje, esse mundo digitalizado. Não podemos, de maneira alguma, negligenciar nisso aí”, ressaltou a governadora.

Fátima Bezerra pauta também a presença dos investimentos da Petrobras no Nordeste, assim como a manutenção de empregos na região. “Qual é realmente o horizonte realmente da Petrobras com relação ao Nordeste? Vai ter um desligamento geral de todas as operações na região?”, questionou a governadora potiguar.

Fátima-H1

Além desses temas, o debate sobre a reforma tributária, o Plano de Parceria Público-Privada e concessões também foram colocados em pauta por Fátima Bezerra.

Em seu pronunciamento, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B) colocou a necessidade de uma reforma tributária, já em discussão no Congresso Nacional, em que atenda duas expectativas: uma que traga uma simplificação que dê mais racionalidade ao sistema e outra que viabilize o sistema tributário, impulsionando a retomada do crescimento econômico no país.

Sistema tributário

Antes da reunião, em entrevista coletiva, o governador do Maranhão, Flávio Dino, defendeu  um sistema tributário mais adequado ao momento, “que ajude a impulsionar a retomada do crescimento, que combata as desigualdades socais, que faça com que o atual sistema, concentrador de renda, seja substituído por um sistema mais equilibrado no qual quem ganha menos pague menos e que ganha mais, pague mais. Esse é o parâmetro de justiça que nossa Constituição exige e que hoje, lamentavelmente, não é atendido.”

A reunião segue com previsão de término por volta das 18h30, quando os participantes concederão entrevistas à imprensa.


Confira o vídeo:


AMS
Tags: Fátima Bezerra Fórum de Governadores
A+ A-