Adelmaro não vai se pronunciar sobre expulsão

Secretário de Saúde informou que não dará declarações a respeito do processo movido pela Executiva do PT.

Gabriela Barreto,
Vlademir Alexandre
Adelmaro Cavalcanti não informa se utilizará o prazo de dez dias para apresentar sua defesa ao PT
O titular da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Adelmaro Cavalcanti, declarou ao portal Nominuto.com no início da manhã desta sexta-feira (25) que não se pronunciará a respeito da expulsão dele dos quadros do Partido dos Trabalhadores.

A decisão do pedido de desligamento foi tomada na noite da última quinta-feira (24). A ação foi conjunta do diretório municipal e estadual do partido.

Com o prazo de dez dias para apresentar defesa, o secretário resolveu não se pronunciar. Por isso, não há confirmação se ele haveria recebido a notificação que o PT enviaria a ele ainda nesta manhã.

No decorrer da manhã, nossa reportagem tentou novos contatos com Adelmaro para confirmar o recebimento da notificação.

A assessoria da Sesap, por sua vez, reforçou a informação de que o secretário não dará declarações, sem dar margem também sobre quando ele falaria.
A+ A-