Preso mata mulher estrangulada durante visita em presídio da ZN

Detento João Paulo recebeu a visita íntima da companheira e, por volta de 13h30, acabou matando-a com um golpe no pescoço.

Thyago Macedo,
Mais um caso de marido que mata mulher foi registrado pela polícia neste sábado (31). O detalhe curioso é que desta vez o crime aconteceu dentro do Presídio Provisório Professor Raimundo Nonato, na Zona Norte de Natal. Um dos presos estrangulou a mulher durante visita íntima.

De acordo com uma fonte do portal Nominuto.com, o detento João Paulo Fazonário recebeu a visita da companheira e, por volta de 13h30, acabou matando-a. Ainda não se sabe o que teria motivado o homicídio.

Segundo informações de agentes que trabalham no presídio provisório, João Paulo aplicou uma gravata na mulher, fazendo com que ela sufucasse até a morte. Quando os agentes entraram na sala especial para visita íntima, já encontraram a vítima sem vida.

O preso foi retirado do local e isolado dos demais detentos. Neste momento, a direção do presídio provisório Raimundo Nonato Fernandes aguarda a chegada dos peritos do Instituto Técnico-Científico de Polícia para realizar perícia no corpo da mulher, que ainda não teve identidade divulgada.
A+ A-