Policiais Civis e instituições federais do RN participam da greve geral desta sexta

Aulas foram suspensas na Universidade e no Instituto Federal e delegacias foram fechadas.

Rafael Araújo,
Arquivo Nominuto.com

Policiais civis e servidores da Universidade Federal (UFRN) e do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) paralisaram as atividades nesta sexta-feira (15), para aderir à greve geral – protesto que acontece hoje em todo o país. Em Natal, o protesto contra a reforma da Previdência acontece a partir das 15h, em frente ao shopping Midway Mall, na avenida Salgado Filho.

Em relação a Polícia Civil, a assessoria de comunicação da instituição informou que, apesar da adesão dos policiais, as delegacias de plantão irão funcionar normalmente, com a realização de Boletins de Ocorrência, de flagrantes e outros serviços essenciais.

Devido às manifestações, várias categorias do funcionalismo público amanheceram com as atividades paralisadas. Os rodoviários, por exemplo, também aderiram à greve e por isso, apenas 40% da frota de ônibus urbanos estão circulando na cidade. A categoria não pôde parar totalmente as atividades devido a uma determinação da justiça estadual, que obrigou as empresas a colocarem 40% dos veículos em circulação.

Apesar da paralisação de várias categorias, a Companhia de Trens Urbanos de Natal (CBTU) anunciou que está operando com 100% de sua capacidade nesta sexta-feira. Os trabalhadores da companhia não aderiram a ‘Greve Geral’.

Hospitais

Os hospitais e outros serviços de saúde pública terão atendimento reduzido, apenas com manutenção dos serviços essenciais, segundo o Sindicato dos Servidores da Saúde. Os trabalhadores também vão realizar atos em frente às unidades.

Tags: Polícia
A+ A-