Polícia Civil prende dois acusados de matar veranistas durante roubo em Porto do Mangue

Terceiro suspeito está foragido; trio invadiu e fez um arrastão em uma residência na praia de Areia Preta, deixando dois homens mortos.

Da redação, PC,

Policiais civis da Delegacia Municipal de Areia Branca, com apoio de policiais militares do município de Upanema, prenderam, no domingo (23), Leandro Rocha da Silva e Marcondes Lundgren da Silva Filho, conhecido como “Galego”. Eles foram presos no Município de Upanema, pela suspeita da prática dos crimes de roubo, latrocínio, porte de ilegal de arma de fogo e receptação. 

De acordo com investigações, os suspeitos realizaram os crimes com o apoio de um homem identificado como Neto das Malvinas, que atualmente se encontra foragido da Justiça. Na sexta-feira (21), eles teriam evadido uma casa de praia em Baixa Grande, localizada na Zona Litorânea de Areia Branca. Na ocasião, os suspeitos roubaram cervejas, carnes, um aparelho de som, celulares e um carro.
 
No domingo (23), o trio invadiu uma residência na praia de Areia Preta, localizada no município de Porto do Mangue. Durante o assalto, uma das vítimas, identificada como Márcio Freire Reis, 23 anos, reagiu e foi atingido com um tiro. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Além disso, uma mulher que também estava no local foi baleada. 
 
Leandro Rocha e Marcondes Lundgren, que confessou a autoria dos crimes, foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil pede que a população envie informações de forma anônima  para localizar o paradeiro de Neto das Malvinas através do Disque Denúncia 181.

Tags: Polícia Civil
A+ A-