PM prende líder da quadrilha que roubou banco em Goianinha

Silvano Sales foi detido quando tentava sair de Pipa, onde estava escondido. A polícia encontrou dinheiro e carro usado no crime.

Thyago Macedo,
A Polícia Militar prendeu neste domingo (5) o suposto líder da quadrilha interestadual que roubou o Banco do Brasil em Goianinha. Silvano Sales dos Santos, mais conhecido como “Velo”, foi detido quando tentava sair de Pipa. Ele estava escondido em uma pousada desde o dia do crime, na última quinta-feira (2).

De acordo com o comandante do pelotão da PM em Pipa, tenente Sandrine, a polícia encontrou R$ 4.400 em poder de Silvano e ele indicou um local onde havia abandonado um Siena. O veículo foi utilizado pela quadrilha no dia do roubo.

Parte do bando também havia sido presa na Paraíba, na sexta-feira (3). Em uma ação da Polícia Civil daquele estado, juntamente com a Polícia Rodoviária Federal, cinco pessoas foram detidas na cidade de Mata Redonda.

Os presos são: José Renato do Nascimento Silva, Rafael da Silva Santos, Dário Ferreira, Manassés Teixeira de Lima e Milton Carlos Cândido da Silva.

No entanto, de acordo com a polícia, faltava o líder do bando. Silvano Sales estava escondido em uma pousada na praia de Pipa com uma mulher. “Nós recebemos uma informação do suspeito e fizemos uma abordagem. Foi ai que vimos que ele estava com CPF em nome de outra pessoa”, explica o tenente Sandrine.

Segundo o oficial, logo depois foi feita uma consulta junto a Polícia Federal, o que resultou na identificação correta do acusado. Silvano Sales foi conduzido a Superintendência da PF, em Natal, onde prestou depoimento e ficou detido.

Além do roubo ao Banco do Brasil, em Goianinha, ele é acusado de vários crimes semelhantes no Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Silvano também era foragido do presídio Anibal Bruno, em Pernambuco.
A+ A-