PM e Corpo de Bombeiros deflagram operação Tiradentes III em todo o Estado

Operação acontece nesta quarta-feira com o emprego de aproximadamente 3 mil militares.

Da redação,
Ascom / PMRN
Operação Tiradentes III conta com 3 mil militares em todo o Estado e terá duração de 24h com intensa atividade nos 167 municípios.
A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte irá realizar, a partir das 7h desta quarta-feira (24), a 3ª edição da Operação Tiradentes em todas as regiões do Estado. A III Operação Tiradentes contará no Rio Grande do Norte com o emprego de 3 mil policiais militares e durará 24 horas de intensa atividade policial nos 167 municípios do Estado.

Idealizada no âmbito nacional pelo Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil, a Operação Tiradentes teve sua primeira edição no ano de 2017, quando a Polícia Militar do RN atendeu, em 24 horas, 320 ocorrências abordando 7.268 pessoas e veículos. Em sua segunda edição (2018) a PM atendeu 375 ocorrências, apreendeu 7 armas de fogo, efetuou 14 prisões, recuperou 17 veículos e realizou aproximadamente 1100 abordagens. 

A III Operação Tiradentes será realizada em todo o país e se estende até às 07 horas da próxima quinta-feira (25), quando deverão ser computados os dados de prisões e apreensões.

Corpo de Bombeiros também participa da operação

O Corpo de Bombeiros Militar (CBM) participa desde às 7h de hoje (24) da Operação Tiradentes III. A operação desencadeada a nível nacional por todos os Bombeiros Militares e Polícias Militares tem por objetivo diminuir as incidências criminais, em áreas críticas.

Operação-Trindade-BombeirosInterna

A missão será finalizada nesta quinta-feira (25) às 7 horas, totalizando 24 horas de ações ininterruptas. O CBM está  desenvolvendo ações de prevenção, combate à incêndio, orientações para Salvamento e atendimento pré-hospitalar e vistorias, através dos Militares  dos Quartéis de Natal, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Caicó e Pau dos Ferros. 

Essa é uma ação coordenada pelo CNCG ( Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias e Bombeiros Militares) e todos os Estados estarão integrados pelos os meios de comunicações sobre o desdobramento das ações.

A Operação Tiradentes II será a maior operação de segurança pública já realizada no País. Outro objetivo da ação, além da promoção da segurança e tranquilidade pública, é mostrar a população o impacto de mais de 24 horas do trabalho das Corporações Militares responsáveis pela segurança do País. A integração, união e coesão das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares demonstrarão a força, organização, pontualidade e confiabilidade das informações, características das Corporações.

Tags: Polícia
A+ A-