Motorista da carreta alega falta de freio em acidente na Ponte de Igapó

Adalberto Aguiar dos Santos não fugiu do local pelo rio Potengi como se especulava, mas que saiu caminhando. Acidente envolveu 17 veículos.

Thyago Macedo e Júlio Pinheiro,
A causa do acidente na Ponte de Igapó na última quinta-feira (11) aconteceu por falta de freio na carreta que colidiu com os 16 veículos. Essa é a versão do motorista do veículo, Adalberto Aguiar dos Santos, de 51 anos.

Em depoimento ao delegado Heleno Luiz, da Especializada em Acidentes de Veículos (DEAV), o caminhoneiro informa que não fugiu pelo rio Potengi, como foi informado pelos transeuntes do local. Segundo Adalberto, ele saiu do local caminhando.

O caminhoneiro mora em Parnamirim e trabalha como motorista há mais de trinta anos, estando há 17 anos na empresa L&O Mercadão da Construção.

O motorista ainda está prestando o depoimento.

Mais informações em instantes.
A+ A-