Mecânico acusado de estuprar própria filha é apresentado à imprensa

Exames do Itep constataram que a menina realmente foi vítima de violência sexual.

Redação,
Divulgação/Degepol
Wilson foi preso depois de denúncia anônima.
Uma denúncia anônima à Delegacia Especializada na Defesa da Criança e do Adolescente (DEA) resultou na prisão, nesta quarta-feira (26), de Wilson Galdino da Silva, 40 anos.

Ele é acusado de estuprar a própria filha, uma menina de 11 anos e confessa o crime. De acordo com a polícia, há pelo menos dois anos a criança vinha sendo violentada. O acusado foi preso no distrito de Catolé, município de Rio do Fogo.

A mãe da menina, que é doméstica, só recebia folga de 15 em 15 dias e, por isso, não tinha tanto contato com os filhos. Ela só tomou conhecimento do crime que seu marido cometia quando um dos irmãos da menina, um garoto de 14 anos, contou.

Com medo das ameaças do marido, a mulher não acionou a polícia de imediato. Exames do Instituto Técnico de Polícia constataram que a menina realmente foi vítima de violência sexual. O acusado foi autuado por estupro com agravante por ser ascendente (de pai para filho).

Com informações da Degepol.
A+ A-