Lambido volta a furtar notebooks em Natal

Carlos Arlenildo Bento de Oliveira invadiu o Diário de Natal nesta quinta e furtou um computador. Ele é acusado de mais de 50 crimes semelhantes.

Fred Carvalho,
Cedidas
Câmera de segurança filmou Lambido agindo na Secretaria de Tributação
Um dos bandidos mais procurados pela polícia natalense voltou a agir na tarde desta quinta-feira (24). Carlos Arlenildo Bento de Oliveira, o “Lambido”, furtou um notebook do jornal Diário de Natal, na Cidade Alta. A polícia acredita que Lambido, que tem 31 anos, já tenha cometido pelo menos 50 crimes semelhantes nos últimos anos.

“O Lambido é um homem inteligente, eloqüente. Ele se veste bem e conquista a confiança das pessoas nas recepções de em repartições públicas ou em empresas privadas. Quando consegue entrar no local, aproveita qualquer descuido para furtar os computadores”, falou um agente de Polícia Civil, que pediu para ter a identidade preservada.

Esse mesmo policial falou que Lambido é condenado a mais de 11 anos de prisão em regime semi-aberto por furto e estelionato. “Dessa pena, ainda falta ele cumprir oito anos, quatro meses e três dias de prisão”, ressaltou. Ele está foragido desde o dia 16 de outubro de 2007.

O último mandado de prisão expedido contra Carlos Arlenildo Bento de Oliveira foi emitido no dia 18 de dezembro passado e é assinado pelo juiz da 12ª vara Criminal, Carlos Adel Teixeira. Há 16 processos instaurados contra ele na Justiça potiguar.

Lambido já furtou computadores em várias Secretarias de Estado no Centro Administrativo, inclusive duas vezes a de Tributação (SET), onde funciona uma delegacia de polícia. A última dessas invasões à SET ocorreu no dia 7 de dezembro passado, quando ele furtou um roteador e uma caixa que pensava ser um computador.

De acordo com o policial que falou com a reportagem do Nominuto.com, já na manhã desta sexta-feira (25) Lambido foi visto tentando entrar na sede do Diário Oficial do Estado, na Ribeira, mas foi reconhecido. Houve troca de tiros, mas ele conseguiu fugir sem deixar pistas.

Encomenda
O agente de Polícia Civil falou ainda que todos os furtos de computadores de Lambido são feitos sob “encomenda”. “O Lambido não furta nada para uso pessoal. Ele recebe encomendas de receptadores e faz o serviço. Também estamos investigando essas pessoas, que também são criminosas”, disse.

"Outro detalhe é que o Lambido é um bon vivant. Quando junta um certo dinheirinho, ele vai para Fernando de Noronha, desfila no carnaval do Rio de Janeiro, passeia pelo Brasil. Mas estamos tentar acabar com essa boa vida dele".
A+ A-