Jovem é linchado e morto após empinar moto e matar menino de 1 ano atropelado

Caso aconteceu na noite desta sexta-feira no bairro Nazaré, na zona leste.

Da redação,
Cedidas/PM
Matheus Miranda, de 18 anos, foi linchado e morto após atropelar uma criança de 1 ano na noite desta sext-feira, no bairro Nazaré.

Um jovem de 18 anos foi linchado e assassinado após atropelar e matar um menino de 1 ano e quatro meses, no bairro Nazaré, na zona leste. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (12).

De acordo com a Polícia Militar, Matheus Miranda do Nascimento estava empinando uma motocicleta na rua dos Caicós quando perdeu o controle do veículo e caiu. A moto acabou invadindo a calçada onde estavam a criança e a mãe, atingindo o bebê. Kauan Henrique morreu ainda no local, antes que pudesse ser socorrido. A mãe sofreu ferimentos leves.

Segundo informações de populares para a PM, o piloto da motocicleta tentou fugir do local mas foi perseguido e então agredido até a morte em uma travessa próxima do local do acidente. De acordo com a listagem de óbitos do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), o rapaz foi assassinado por espancamento e arma branca (faca ou outros objetos cortantes e pontiagudos).

Em sua página no Facebook, Matheus Miranda publicava imagens de motociclistas empinando seus veículos e algumas mensagens enaltecendo a prática perigosa.

Uma equipe da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil esteve no local ainda na noite de ontem (12) para colher as primeiras informações sobre o caso e iniciar as investigações.

Esse foi o segundo caso de linchamento ocorrido na capital potiguar em dois dias. Na tarde da quinta-feira (11), um homem foi espancado e assassinado a tiros por populares no bairro da Ribeira, também na zona leste, após roubar um ônibus. O morto foi identificado como Arlindo Pereira do Nascimento Neto, de 38 anos, e havia deixado a Penitenciária Estadual de Alcaçuz há cerca de um mês, onde cumpriu pena por tráfico de drogas e seguia no regime semiaberto, com monitoramento por tornozeleira eletrônica. A DHPP também investiga esse caso.

Tags: Linchamento Polícia Violência
A+ A-