Homem é preso após assalto de moto no Panatis I

O acusado apontou um revólver para a vítima, ordenando que entregasse a motocicleta e roubando ainda sua carteira de cédulas.

Redação,
Divulgação/Degepol
Wilton está detido na 2ª Delegacia de Plantão Zona Norte e responde por assalto e porte de arma.
Wilton Gomes de Oliveira, 23, foi preso na noite desta terça-feira (16), quando policiais perceberam a atitude suspeita do acusado. Por volta das 20h, na rua Guaraciaba do Norte, conjunto Panatis I, Ivanilton Cavalcante da Silva foi surpreendido por dois homens que anunciaram o assalto, ambos montados numa motocicleta "Pop" de cor vermelha.

O acusado apontou um revólver para a vítima, ordenando-a que entregasse a motocicleta, roubando ainda sua carteira de cédulas. Wilton fugiu na motocicleta da vítima e seu comparsa na Honda Pop. A polícia foi acionada pela vítima através do 190 e durante o patrulhamento, os policiais se depararam com um homem conduzindo a motocicleta Honda CG Titan KS 150 cilindradas, cor preta, de placas MYX 8869-Natal/RN, às margens da linha férrea.

Em atitude suspeita, o acusado tentava apressadamente engrenar a motocicleta, que havia estancado no local e, à medida que os policiais se aproximavam, ele abandonou a motocicleta no local, saiu correndo em fuga e pulou o muro de uma residência localizada próxima ao local.

Os policiais realizaram um cerco no quarteirão e checaram que a moto se tratava da que tinha sido roubada no conjunto Panatis. Outras viaturas foram acionadas para dar apoio e, após realizar buscas, os policiais conseguiram encontrá-lo no quintal de uma residência.

Com o acusado, foi encontrada a carteira, contendo apenas os documentos pessoais da vítima. Ele informou o local onde havia deixado o revólver, enquanto tentava se evadir. A arma estava no quintal de outra residência. Era um revólver calibre 38, tendo sido lhe dada voz de prisão.

A vítima reconheceu o acusado e informou ainda que o outro assaltante era moreno claro, magro, altura mediana. Porém, ele não viu o rosto deste por se encontrar de capacete. Wilton confessou o crime e disse que o delito foi cometido com a ajuda de um homem conhecido como "Deri". Ele afirma que a Pop era alugada e foi devolvida.

Fonte: Degepol.
A+ A-