Foragido da Justiça de Pernambuco é preso no Alecrim

Ele identificou-se com um documento falso e ainda tentou subornar os policiais para não ser preso. Marcílio é acusado de assaltos a bancos e de matar um policial militar em seu Estado.

Tiago Medeiros,
Policiais militares do BPChoque prenderam na tarde desta sexta-feira (19) um homem foragido da Justiça do Pernambuco, acusado de realizar assaltos a bancos e de ter assassinado um policial militar naquele Estado.

Ele trafegava em uma moto com um companheiro, no bairro do Alecrim, por volta das 16h30, quando despertou a suspeita dos policiais, e ao ser abordado, apresentou uma identidade falsificada e de imediato foi detido. Tentando evitar a ação dos policiais, ele ainda ofertou mil reais para que eles não o prendesse. A oferta foi negada de pronto pelos policiais militares que o conduziu a 3ª DP.

Na delegacia, foi constatado que Marcílio Roosevelt Feitosa Tomé era foragido da Justiça de Pernambuco acusado de assalto a bancos e suspeito de ter assassinado um policial militar no mesmo Estado. Ele ainda confirmou a suspeita de que possuia certa quantia de droga em sua residência.

Durante as buscas na residência dele, os policiais apreenderam: 28 pedras de crack, uma identidade falsa, um frasco com cocaína, além de outros 11 papelotes, um tablete de maconha, dinheiro, cinco cartões de crédito, dois celulares e uma balança de precisão.

Logo após a diligência em sua residência, Marcílio Roosevelt foi conduzido até a delegacia de plantão da zona Norte onde foi autuado e permanece preso a disposição da Justiça.
A+ A-