Deicor prende viúva de assaltante de bancos que atuava no RN, Paraíba e Ceará

Rafaela Barbosa estava em uma residência no bairro de Liberdade, em Parnamirim.

Da redação, Polícia Civil,
Reprodução/Polícia Civil
Policiais localizaram Rafaela após cumprirem mandados de busca e apreensão em casas de familiares dela, localizadas em bairros de Parnamirim.

A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu nesta sexta-feira (10), Rafaela Barbosa de Medeiros, de 27 anos, viúva de Cledson Webston da Silva, conhecido como Chokito. Ela foi presa em flagrante pelos crimes de uso de documento falso, associação criminosa e lavagem de dinheiro. 

Os policiais localizaram Rafaela após cumprirem mandados de busca e apreensão em casas de familiares dela, localizadas nos bairros de Cajupiranga e Liberdade, em Parnamirim.

O companheiro de Rafaela, que era investigado pela Deicor pela prática de diversos assaltos a bancos, morreu no dia 7 de julho de 2018, após um confronto com a Polícia Militar de Pernambuco, depois de ter interceptado um ônibus na cidade de Aliança. 

“Nós descobrimos que o patrimônio de Cledson Webston girava em torno de R$ 2 milhões, tendo sido investido principalmente na compra de imóveis localizados nos Estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco. Além disso, nossa investigação também descobriu que o grupo do qual Cledson Webston fazia parte é investigado por estar envolvido em uma explosão de um carro-forte, que aconteceu no dia 6 de julho, na cidade de Cruz do Espírito Santo, na Paraíba. Quatro integrantes do grupo foram presos na cidade de Lucena, pela Polícia Civil paraibana”, detalhou o delegado titular da Deicor, Odilon Teodósio.

A explosão ao carro-forte ocorreu na manhã desta segunda-feira no km 57 da BR-230, nas imediações do município de Cruz do Espírito Santo. No início da tarde, porém, a Polícia Militar confrontou o grupo de assaltantes em um sítio na cidade de Lucena, onde ocorreu troca de tiros e posteriormente uma negociação. Por volta das 17h40, a PM informou que, após quatro horas de duração, as negociações terminaram e os quatro se renderam.

Rafaela Barbosa, que também estava sendo investigada pela Deicor, foi presa quando estava em uma residência no bairro de Liberdade. No momento da prisão, os policiais apreenderam um RG e uma certidão de nascimento falsos com o nome de Camila Soares da Silva. 

Os policiais também apreenderam um carro modelo Ford Ka, que era usado por Cledson Webston. “A Deicor descobriu que Rafaela também estava praticando o crime de lavagem de dinheiro, pois estava adquirindo vários bens e imóveis em nome de parentes, com dinheiro oriundo do crime”, detalhou o delegado Odilon Teodósio.

O delegado da Deicor revelou que no dia 7 de julho, Cledson Webston estava no Ford Ka quando fez disparos em um posto de gasolina, na cidade de Parnamirim. O carro foi abandonado na BR-101 em São José de Mipibu, cidade da Grande Natal, com munições e carregadores e chegou a ser apreendido por policiais da PRF. 

No Ford Ka abandonado estavam munições de uso restrito. No mesmo dia, Chokito foi para Pernambuco usando outro veículo, onde acabou sendo alvejado e morto.


Confira o vídeo:


AMS

Tags: Deicor prisão Rafaela Barbosa de Medeiros
A+ A-