Deicor prende suspeitos de integrar grupo criminoso no Estado

Quadrilha é especializada em roubo, adulteração e venda de veículos.

Da redação, Polícia Civil,
Divulgação/Polícia Civil
Suspeitos foram autuados em flagrante por eceptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e associação criminosa.

Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prenderam em flagrante, nesta terça-feira (4), quatro integrantes de uma associação criminosa especializada em roubos, adulteração e venda de veículos.

Os suspeitos detidos foram Miguel Alexandre Araújo Damasceno, 23 anos; Allan de Souza Araújo, 18 anos; Emanuel Vieira da Silva, conhecido como "Manelzinho", 28 anos e Izaias Carvalho da Cunha, 43 anos. O grupo adulterava os veículos roubados em uma oficina localizada na zona norte de Natal.

Os agentes da Deicor conseguiram localizar os suspeitos, após o recebimento de uma denúncia anônima, informando que um veículo HB20, com ocorrência de furto/roubo, estaria estacionado próximo a um posto de combustível, localizado no bairro de Nova Parnamirim, em Parnamirim.

Os investigadores da Especializada foram até o local,  montaram uma vigilância e verificaram o momento em que Miguel Alexandre entrou e ligou o veículo. Os policiais civis abordaram o suspeito e encontraram com ele um bloqueador de alarme e rastreador de veículo, o qual é usado durante os roubos ou furtos de veículos automotores.

Diante da abordagem policial, Miguel Alexandre relatou que havia recebido o veículo de Allan de Souza. Diante dessa informação, os policiais conseguiram localizar o suspeito no bairro Conjunto Pirangi e conduziram até a Deicor.

Allan relatou que havia pego o veículo e guardado com a ajuda de Emanuel Vieira, em um condomínio no bairro de Nova Parnamirim. Os policiais civis deslocaram-se até o referido condomínio e localizaram Emanuel Vieira, que confirmou que havia "guardado" o HB20 e mais outros dois veículos roubados.

Durante o interrogatório de Miguel ele confirmou que os carros roubados eram adulterados em uma oficina na zona norte, pertencente a Izaias Carvalho da Cunha. Diante da nova informação, os investigadores foram até a oficina e conduziram o suspeito para a Deicor.

Constatada a materialidade dos crimes, os quatro suspeitos foram autuados em flagrante delito pelos crimes de receptação, adulteração de sinal identificador de veículo automotor e associação criminosa.

Tags: organização criminosa prisão de suspeitos
A+ A-