Cinco bandidos morrem em confronto com a polícia em São Gonçalo do Amarante

Policiais apreenderam uma espingarda, duas pistolas e drogas durante ação nesta quarta-feira.

Da redação,
Cedidas/PM
Uma espingarda calibre 12, uma pistola de uso restrito e outra de calibre .380 foram apreendidas com os criminosos mortos em confronto.

Uma ação conjunta das Polícias Civil e Militar realizada no início da manhã desta quarta-feira (10) resultou em cinco pessoas mortas e uma ferida, todas suspeitas de integrarem uma facção criminosa que agia na cidade de São Gonçalo do Amarante, região metropolitana.

O assessor de comunicação da PM, tenente-coronel Eduardo Franco, durante entrevista para a TV Ponta Negra, informou que o grupo era responsável pela prática de diversos crimes na comunidade Serrinha de Cima, distrito de São Gonçalo do Amarante, incluindo roubos e tráfico de drogas.

“No confronto, seis elementos foram atingidos. Obtemos a confirmação que cinco elementos foram neutralizados. Cinco elementos foram a óbito. Um está atingido. Então nós fizemos apreensões de três armas de fogo. Fizemos apreensões de um quantitativo considerável de drogas no local. Entre esses elementos, um deles é responsável pelo um atentado contra um combatente do Batalhão de Choque, que aconteceu na semana passada. E outro também é responsável por assaltos que aconteceram na região”, disse o oficial.

ViaturadaPM11BatalhaoSaoGoncalodoAmarante

Ainda segundo a PM, todos os atingidos na troca de tiros foram encaminhados para o Hospital Santa Catarina, no entanto, somente um homem sobreviveu aos ferimentos e permanece internado. “Foram levados todos para o Hospital Santa Catarina. Nós estamos com um ferido e está sendo tratado e que também vai ser apresentado à Polícia Civil”, disse Franco.

Com os acusados, que ainda não foram oficialmente identificados, a polícia apreendeu três armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 12 de fabricação caseira, uma pistola de calibre .40 pertencente à PM e que havia sido roubada, além de uma outra pistola de calibre .380 e um machado. Também foram apreendidas drogas e cinco garrafas plásticas com combustível. A suspeita é que o grupo planejava um ataque ao serviço de transporte público.

“Esses elementos são de extrema periculosidade. Eles vivem aterrorizando a comunidade pacata de Serrinha, o distrito de Serrinha, e vem aterrorizando São Gonçalo do Amarante. Então a ação da Polícia Militar foi contundente”, afirmou o tenente-coronel Franco.

O titular da Delegacia de São Gonçalo do Amarante, Luciano Augusto, confirmou que o grupo era investigado por diversos crimes, incluindo um assalto contra um sargento da PM, ocorrido em uma pizzaria na cidade de Macaíba. "Ele foi assaltado e quase morreu, chegaram até a apontar a arma na cabeça dele quando encontraram a arma na cintura em uma pizzaria em Macaíba. Essa arma foi encontrada. Esse assalto do sargento foi um dia depois da morte do subtenente Plínio. A informação é que eles teriam praticado o fato e que essa arma estaria com eles, que foi encontrada hoje", detalhou.

O delegado disse ainda que outras duas mulheres foram presas na ação desta quarta."O saldo foi de cinco óbitos, um alvejado e duas mulheres presas".

Tags: Polícia Polícia Militar São Gonçalo do Amarante
A+ A-