Aprovados em concurso da PM pedem ajuda a deputados para serem convocados

Jovens solicitaram que fosse prorrogado por mais dois anos o prazo de convocação, prestes a expirar.

Redação,
Na tarde desta quarta-feira (17), os deputados Robinson Faria (PMN), presidente da Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte, e o deputado Nelter Queiroz (sem partido) receberam uma comissão de jovens, representando os aprovados no último concurso da Polícia Militar do RN.

Os seis rapazes fazem parte do grupo de suplentes do concurso realizado em 2005 pelo Governo do Estado e vieram solicitar aos deputados apoio e intermediação das suas reivindicações junto à governadora Wilma de Faria.

Em audiência com os deputados, os jovens solicitaram que fosse prorrogado por mais dois anos, o prazo de convocação, prestes a expirar,  e que no Orçamento Geral do Estado para 2008 fosse incluída uma previsão financeira para a convocação de mais 600 pessoas. Até o momento, foram chamados cerca de mil aprovados, conforme previa o edital de vagas, mas, no total, o concurso aprovou cerca de 4.500 pessoas.

"Esse número de 600 que estamos reivindicando é com base nas informações do comando, que contabiliza como 10 mil homens a quantidade satisfatória para o efetivo policial", disse Salielson Gomes da Silva, porta-voz do grupo.

Ele informou que atualmente cerca de 8.300 policiais estão na ativa e que os futuros policiais suprirão o déficit existente entre a quantidade atual e a desejada, e ainda cobrirão as vagas que estão para ser abertas com aposentadorias.

Em conversa com o grupo, Robinson e Nelter se prontificaram a auxiliá-los no que fosse necessário: "Este é um pleito pertinente e vocês podem contar com o apoio do Legislativo nesta causa, mas antes, precisamos fazer uma consulta se existe alguma demanda jurídica, inclusive com relação ao limite prudencial", disse o presidente da Assembléia.

Fonte: Assessoria de imprensa da AL.
A+ A-