Acusado de matar PM é preso na Jaguarari

“Sardinha” é considerado o principal suspeito de ter matado o policial Paulo Rogério Lopes da Silva, na última terça-feira.

Thyago Macedo,

O homem acusado de efetuar o disparo que matou o policial de trânsito da Polícia Militar Paulo Rogério Lopes da Silva, na noite da última terça-feira (29), foi preso na tarde deste sábado (2). Elinaldo César da Silva, conhecido como “Sardinha”, foi preso por mandado de prisão temporária, na avenida Jaguarari.

“Sardinha” é considerado o principal suspeito da morte do PM e, inclusive havia se apresentado com um advogado à Polícia na quinta-feira (31). Na ocasião, Elinaldo livrou o flagrante e foi liberado.

No entanto, depois que a Justiça expediu mandado de prisão contra ele, o acusado foi preso nesta tarde, em um trabalho conjunto das policiais Militar e Civil.

De acordo Evandro, chefe de investigação do 3º Distrito Policial, no Alecrim, “com a prisão temporária de Sardinha, a Polícia poderá investigar melhor se, realmente, ele teve participação no assalto e na morte do PM”.

Além de Elinaldo, a equipe do 3º DP, comandada pelo delegado Flávio Della Valle, investiga a participação de mais três adolescentes no crime. Um deles, de 17 anos, é irmão de Sardinha e também se apresentou na quinta-feira.

O policial de trânsito da Polícia Militar Paulo Rogério Lopes da Silva foi atingido por um tiro no peito, quando tentava impedir um assalto na avenida Bernado Vieira. Os acusados já haviam roubado um carro e pretendiam realizar um arrastão em uma parada de ônibus.

A+ A-