Capitalização deve ser enviada ao Congresso quando se resolver Previdência

Informação é do presidente Bolsonaro ao defender que senadores não alterem a proposta que muda o sistema de aposentadorias aprovada na Câmara.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Antonio Cruz/Agência Brasil
"No que depender de mim, eu não emendaria essa proposta que chegou agora no Senado", disse o presidente Bolsonaro.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que deseja enviar uma proposta com o sistema de capitalização na Previdência "tão logo se resolva" a reforma aprovada na Câmara e que tramita no Senado. "A ideia é enviar brevemente tão logo se resolva a Previdência", disse Bolsonaro sobre a proposta. 

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, havia declarado que uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) com o sistema de capitalização seria enviada ainda durante a tramitação da reforma da Previdência no Senado.

O presidente voltou a defender que os senadores não alterem a proposta que muda o sistema de aposentadorias aprovada na Câmara para evitar que o texto retorne aos deputados federais. "No que depender de mim, eu não emendaria essa proposta que chegou agora no Senado."

Perguntado sobre uma proposta paralela para incluir Estados e municípios na reforma, texto que está sendo articulado por senadores, Bolsonaro disse não ter "nada a ver com isso". "Os Estados têm que resolver seus problemas, estão com dificuldades também. Eu não queria reforma da Previdência. Você quer fazer quimioterapia? Não quer, mas se estiver com câncer tem que se submeter a ela. Essa é a situação do Brasil."

Tags: capitalização Jair Bolsonaro Reforma da Previdência
A+ A-