Bolsonaro divulga vídeo explicando exoneração de Gustavo Bebianno

Presidente disse que "pode ter havido incompreensões e questões mal resolvidas de parte a parte".

Da redação, Estadão Conteúdo,
Reprodução
Jair Bolsonaro reconheceu o esforço de Gustavo Bebianno à frente da Secretaria Geral e durante a campanha de 2018.

O presidente Jair Bolsonaro divulgou um vídeo na noite desta segunda-feira (18), em uma de suas redes sociais, em que explica a decisão de exonerar o ministro da Secretaria Geral da Presidência Gustavo Bebianno. O anúncio foi feito mais cedo pelo porta-voz da Presidência da República, Otávio do Rêgo Barros.

Segundo o próprio Bolsonaro, Bebianno foi “fundamental” para o êxito da campanha em sua atuação como presidente nacional do PSL (e que agora coloca o coloca no centro do caso dos candidatos laranja). O presidente ainda agradeceu a “dedicação e esforço” de Bebianno durante o período que esteve no governo.

Com tantos elogios, Bolsonaro teve que explicar também o motivo da demissão do aliado: “Desde a semana passada, diferentes pontos de vista sobre questões relevantes trouxeram a necessidade de uma reavaliação. Avalio que pode ter havido incompreensões e questões mal entendidas de parte a parte. Não sendo aprovados pré-julgamentos de qualquer natureza”, explicou sobre a decisão de demitir Bebianno.

Com a exoneração de Gustavo Bebianno, o general Floriano Peixoto assumirá a Secretaria Geral da Presidência em definitivo. A pasta é responsável pela implementação de medidas para modernizar a administração do governo e avançar em projetos em curso. É uma das pontes entre o Palácio do Planalto e a sociedade.

Exoneração

Bebianno, presidente do PSL na época da campanha eleitoral, é suspeito de irregularidades no repasse de recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha para candidatas do partido.

Questionado, Bebianno negou participação nas irregularidades.

“Reitero meu incondicional compromisso com meu país, com a ética, com o combate à corrupção e com a verdade acima de tudo”, disse o ministro, em nota divulgada na semana passada.

O presidente Jair Bolsonaro determinou a investigação das candidaturas “laranjas”.


Confira o vídeo:


Tags: exoneração de Bebianno Jair Bolsonaro
A+ A-