Caso Bruninha: Menina morre em Recife vítima de parada cardíaca

Garota foi levada até a capital pernambucana na última semana para realizar transplante de coração.

Da redação ,
A menina Brunna Silveira Lopes, a ‘Bruninha’, de 7 anos, que comoveu a população do Estado em busca de uma cirurgia de transplante de coração e foi levada até Recife para fazer o procedimento, morreu na tarde deste domingo (7), na capital pernambucana.

Na madrugada da última quinta-feira (4) ela recebeu um novo coração em uma operação realizada no Instituto de Medicina Integral Fernando Figueira (Imip), na área central do Recife. Durante a noite da mesma quinta-feira, ela precisou ser submetida a uma nova cirurgia para conter um sangramento. Apesar do estado grave, ela vinha apresentando melhoras com o transplante, mas no final da tarde de hoje ela teve uma parada cardíaca e não resistiu.

Brunninha estava conectada a uma máquina para sobreviver, depois que seu coração parou de funcionar. Ela sofria com um problema congênito chamado “transposição das grandes artérias”, que acontece quando o paciente nasce com uma inversão das ligações da aorta e da artéria pulmonar com o coração. Essa patologia faz com que o sangue pobre em oxigênio não circule para os pulmões, caminho que teria convencionalmente antes de voltar, já “filtrado”, para o coração. Mesmo após duas cirurgias, foi necessário o transplante.

Após grande mobilização da sociedade e poder público através das redes sociais, foi viabilizada uma vaga para internação de Brunninha em Recife, onde há hospital credenciado para a realização do transplante de coração, e um doador ficou disponível logo após a chegada da criança. Diante disso, a garota foi imediatamente encaminhada para a cirurgia.

O falecimento de Bruninha gerou um grande pesar. A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte emitiu nota de pesar da noite de ontem. Confira abaixo!

Nota da ALRN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vem a público lamentar o falecimento neste domingo (7) da pequena Brunninha, uma criança cardiopata de apenas 7 anos que emocionou todo o Rio Grande do Norte. Nos solidarizamos com toda família; amigos; equipe médica; a Associação dos Amigos do Coração (Amico); a Central de Transplantes do RN e todos que se envolveram na luta pela vida.

Brunninha é um exemplo de amor ao próximo; de solidariedade e cidadania.

Com pesar, em nome dos servidores do legislativo; dos deputados estaduais e do presidente, Ezequiel Ferreira, a Assembleia Legislativa presta solidariedade a todos e lamenta a despedida tão precoce.

Palácio José Augusto

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Tags: Obituário
A+ A-