Cantor sertanejo Juliano Cezar morre após sofrer parada cardíaca durante show

Com mais de trinta anos de carreira, artista ficou conhecido no cenário musical com a canção 'Não Aprendi Dizer Adeus'.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Reprodução/Redes sociais

O cantor sertanejo Juliano Cezar morreu na madrugada desta terça-feira (31), aos 58 anos, após sofrer uma parada cardíaca durante um show na cidade de Uniflor, interior do Paraná.

De acordo com a assessoria de imprensa, o velório será realizado primeiro em Ribeirão Preto, cidade onde o cantor morou por mais de 25 anos, das 18h às 21h desta terça-feira (31). Depois, haverá velório e sepultamento na cidade de Passos, em Minas Gerais, onde ele nasceu, da 1h da manhã às 13h de quarta-feira (1º).

Com mais de trinta anos de carreira, Juliano Cezar é apelidado pelo público de "Cowboy Vagabundo", nome de uma de suas músicas de maior sucesso. No cenário musical, ficou conhecido após a canção Não Aprendi Dizer Adeus, que rendeu ao cantor o Prêmio Sharp. O artista também foi indicado ao Grammy Latino como melhor album romântico.

No Instagram, o cantor sertanejo Sorocaba lamentou a morte de Juliano Cezar: “Descanse em paz Cowboy. Sempre que a gente se encontrava nas estradas da vida era assim...só alegria! .... E quem diria que esse seria nosso último encontro! Você foi muito importante para nós e para música sertaneja. Obrigado por tudo”.

Tags: Juliano Cezar morte
A+ A-