Cantor Reinaldo, o 'príncipe do pagode', morre aos 65 anos

Artista lutava contra um câncer no pulmão; nas redes sociais, sambistas lamentaram a morte do sambista.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Reprodução/Facebook

O cantor e compositor Reinaldo, conhecido como "príncipe do pagode", morreu, aos 65 anos, na madrugada desta segunda-feira (18), em São Paulo. O artista lutava contra um câncer  no pulmão havia quatro anos.

A informação da morte foi confirmada pela assessoria de imprensa do artista no início da manhã desta segunda.

Reinaldo Gonçalves Zacarias nasceu no Rio de Janeiro em 9 de novembro de 1954 e iniciou a carreira na década de 1980, quando ganhou o apelido de "príncipe do pagode" de uma rádio fluminense.

Em 1986, gravou o seu primeiro álbum, Retrato Cantado de um Amor, que leva o nome de um de seus maiores sucessos. Outras canções que marcaram a carreira de Reinaldo foram Sonhos e Trapaças do Amor.

Em 2012, o cantor se candidatou a vereador na cidade de São Paulo, mas não foi eleito.

O enterro do cantor ocorrerá no Cemitério Bela Vista, em Osasco, na Grande São Paulo, às 17 horas.

Nas redes sociais, importantes nomes do samba e do pagode, como Arlindinho, Dudu Nobre e Mumuzinho, lamentaram a morte de Reinaldo.

Tags: Obituário
A+ A-