Utilização dos fundos previdenciários foi um dos pontos abordados na Sabatina Nominuto

Secretário de Planejamento Gustavo Nogueira disse que recursos não são utilizados pelo tesouro.

Da redação,
Artur Melo/Nominuto.com
Segundo o secretário estadual de Planejamento Gustavo Nogueira, a quadra de governo do país foi difícil para todos os governantes.

SELO-SABATINAA utilização dos fundos previdenciários foi um dos pontos discutidos na Sabatina Nominuto com o secretário estadual de Planejamento Gustavo Nogueira, na tarde desta terça-feira (12). Um dos questionamentos foi se o Rio Grande do Norte terá que ressarcir esses valores mensalmente e qual a expectativa para 2019, quando se iniciará um novo governo.

Segundo Gustavo Nogueira, a quadra de governo do país foi difícil para todos os governantes. “É tanto que todos os estados, aqueles que tinham reservas nos seus fundos de previdência, utilizaram isso para pagar inativos e pensionistas. É bom frisar que esses recursos não são utilizados pelo tesouro, eles não passam pela Secretaria de Planejamento e Finanças. Foi o próprio Ipern quem utilizou esses recursos para pagar  inativos e pensionistas, desonerando o tesouro”, afirmou.

O secretário disse ainda que desde 2014, constatou que o RN possuía uma estrutura de despesa rígida, muito alta, e uma receita que estava se desonerando já com a crise iniciada naquele ano, e que foi piorando, levando as finanças do Estado ao fundo do poço em 2016. “Nada mais correto que a Previdência utilize os recursos que estão lá, pelo princípio da solidariedade entre gerações para pagar os inativos e assim foi feita uma lei autorizativa no governo de Rosalba Ciarlini”, explicou.


Confira a Sabatina completa:


Tags: fundos previdenciários Gustavo Nogueira
A+ A-