Prefeitura do Natal divulga projetos selecionados no Fundo de Incentivo à Cultura

Total do investimento é de R$ 250 mil.

Da redação, Prefeitura do Natal,

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria de Cultura (Secult/Funcarte) publicou na edição de hoje (8) do Diário Oficial do Município (DOM), o resultado da avaliação dos projetos apresentados no Fundo de Incentivo à Cultura (FIC 2018.) O total do investimento da Prefeitura para a realização de 20 projetos culturais para diversos segmentos é de R$ 250 mil.

O Fundo de Incentivo é um dos mecanismos que a Prefeitura do Natal utiliza para o fomento à Cultura, de forma ampla e democrática. A cidade irá ganhar a partir dos próximos meses a realização de dezenas de projetos culturais em diversas áreas.

No total foram analisados 33 projetos habilitados conforme previsto no Edital. Como o número de inscritos foi inferior ao número de vagas oferecidas, a Comissão aprovou o remanejamento orçamentário entre categorias, através do Conselho Municipal de Cultura, conforme previsto no Art. 13.3 do Edital FIC 2018 (ver quadro abaixo).

A Comissão de seleção artística foi composta por membros do Conselho de Cultura, Josenilton Tavares, Odinelha Targino Bezerra, Antônia Rodrigues da Silva, Kaleb Silva de Melo, Nara da Cunha Pessoa e Henrique Eduardo de Oliveira.

O FIC 2018 prevê realização de projetos nas categorias “Fomento às Linguagens Artísticas”, “Apoio ao Patrimônio Material e Imaterial” e “Atividades de Formação e/ou Capacitação”. Segundo a Comissão, treze projetos culturais não obtiveram êxito, dos quais cinco projetos na suplência, três projetos não obtiveram o ponto de corte e 05 estavam em desacordo com os critérios do Edital.

Entre os projetos aprovados estão produtos como o Songbook de Tico da Costa, um dos principais nomes da música potiguar em todos os tempos. Projetos na área da música como “Carnaval de um Povo”, “Show de Violas e Veredas”, gravação de DVDS, projetos na área da Cultura Popular, Artes Cênicas, Games e Teatro.

“O FIC é uma realidade na cidade do Natal no fomento à Cultura e tem um caráter diferente de ações como a Lei Djalma Maranhão e outros editais. Com o FIC, a Prefeitura atende diversos segmentos culturais, injeta recursos na economia criativa da cidade e desenvolve projetos de identidade cultural própria”, avalia o Secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

Tags: Dácio Galvão FIC 2018 Funcarte projetos
A+ A-