Cabo Telecom se torna 100% digital ainda este ano

A conversão do sinal analógico para o digital começa no mês de dezembro.

Geraldo Miranda,
Geraldo Miranda
A Cabo Telecom pretende expandir a sua área de cobertura para outras cidades.
Durante o período de 03 a 07 deste mês a Cabo Telecom estará finalizando o seu processo de digitalização se tornando 100% digital. Foram trazidos técnicos americanos, noruegueses e sul-coreanos para finalizar a instalação do novo sistema.

A empresa já dispõe de sistema digital, realizou um investimento de mais de um milhão de reais na implantação de seu novo parque tecnológico fazendo com que a transmissão se torne totalmente digital.

Foram adquiridos equipamentos de primeira linha junto às empresas Top Field (Coréia), Cisco (EUA) e Conax (Noruega), tornando esta digitalização um divisor de águas na empresa que passará a oferecer ao mesmo tempo o serviço digital e analógico ao mesmo tempo (Cidade Simulcast).

Estão sendo realizados durante todo o mês de novembro para no mês de dezembro iniciar a transmissão e a expansão de sua programação por meio da digitalização. Com isso serão criados novos pacotes para famílias de até quatro pessoas.

Com isso a Cabo Telecom pretende expandir a sua área de cobertura para outras cidades, pois a concessão cedida pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) permite somente a cabo trabalhar dentro de Natal.

Outro diferencial da Cabo e a internet de banda larga que hoje dispõe de convênio com os três maiores provedores da cidade, além de ter um provedor próprio (Supercabo), que está em funcionamento desde junho deste ano. “Antes o nosso cliente recebia duas faturas para internet e provedor agora com a união conseguimos abranger todos os serviços numa só fatura”, explica o superintendente Aldo Silva.

Mais uma novidade será a conversão de canais analógicos em digital pela empresa. “No intuito de fornecer um serviço totalmente digital receber os sinais dos canais analógicos e realizaremos esta conversão para manter o padrão de qualidade de nosso serviço”, esclarece Aldo Silva.
A+ A-