Talebã ataca forte no Paquistão e 8 soldados morrem

O ataque ao forte de Sararogha, que fica em uma área tribal no sul da região conhecida como Waziristão, começou na noite de terça-feira (15).

BBC Brasil,
Pelo menos oito soldados paquistaneses morreram e cerca de 20 desapareceram depois que centenas de simpatizantes da milícia Talebã, que governou o Afeganistão até 2001, atacaram uma fortaleza do Exército paquistanês perto da fronteira afegã.

O ataque ao forte de Sararogha, que fica em uma área tribal no sul da região conhecida como Waziristão, começou na noite de terça-feira (15).

Segundo um porta-voz do Exército, os soldados mataram 40 militantes durante o confronto, mas os militantes negam este número.

Os militares afirma que ocorreu um confronto pesado, e a muralha exterior foi derrubada por foguetes disparados pelos militantes por volta da meia-noite.

Bhutto

Moradores da área de Sararogha afirmaram à BBC que a troca de tiros se estendeu por horas.

Os militantes chegaram a controlar a fortaleza por um breve período – algo que nunca teria acontecido antes nessa região.

A região da fronteira entre Paquistão e Afeganistão tem sido palco de confrontos entre simpatizantes do Talebã e o Exército paquistanês nos últimos meses.

Este último ataque ocorre em meio aos crescentes confrontos entre os militares paquistaneses e os militantes fiéis a um líder local do Talebã, Baitullah Mehsud.

As autoridades afirmam que ele é o responsável por uma onda de ataques suicidas no país, incluindo o assassinato da ex-primeira-ministra Benazir Bhutto, no final de dezembro.
A+ A-