Sobe para 105 o número de mortos por terremoto na Indonésia

Vítimas fatais são todas indonésias e entre os feridos há sete estrangeiros.

Da redação, Agência Brasil,
As autoridades da Indonésia informaram, hoje, que subiu para 105 o número de mortos pelo terremoto de magnitude 6,9 que sacudiu a ilha de Lombok no domingo.
Os mortos são todos indonésios e entre os feridos há sete estrangeiros: um dinamarquês, um americano, uma britânica, um francês, uma belga, uma tcheca e uma sul-coreana.
"Até hoje, o número de pessoas mortas é de 105. A maioria, 78 pessoas, são do distrito de Lombok do Norte", declarou em entrevista coletiva o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB, na sigla em indonésio), Sutopo Purwo Nugroho.
Infelizmente, disse Sutopo, há previsão que aumente o número de mortos, pois há muitos escombros de prédios, principalmente em Lombok do Norte e Lombok Oriental.
Continuam as operações de busca de sobreviventes e de remoção de escombros dos prédios.
Até o momento há registro de 236 pessoas feridas. E, as estimativas , ainda não computadas, são de danos materiais devem atingir milhares de dólares..
Milhares de turistas tentam sair pouco a pouco da ilha em várias embarcações e nos aviões que estão decolando com atrasos do aeroporto internacional em Mataram, onde muitos estrangeiros passaram a noite.
Aproximadamente 7 mil turistas foram evacuados das ilhas Air, Meno e Trawangan.
Faik Fahmi, diretor de Angkasa Pura, a empresa que administra o aeroporto, disse que  aproximadamente mil pessoas pernoitaram no aeroporto.
A ilha de Lombok, dominada pelo vulcão Rinjani, fica ao leste de Bali, principal destino turístico da Indonésia.
A Indonésia está localizada sobre o chamado "Círculo de Fogo do Pacífico", uma área de grande atividade sísmica e vulcânica que é sacudida por aproximadamente 7 mil tremores por ano, a maioria deles moderados.
Tags: Indonésia
A+ A-