Presidente do Potiguar de Mossoró rebate críticas de dirigente americano

Stênio Max afirmou que "sempre respeitou o América" e lembrou das últimas campanhas do "time macho".

David Freire,
O presidente do Potiguar de Mossoró, Stênio Max, rebateu as críticas feitas pelo diretor de futebol do América, Marcus Meira Pires, o "Peninha", que não admitia a derrota do alvirrubro para uma "equipe semi-amadora" se referindo ao "time macho" mossoroense.

Stênio Max declarou em entrevista à Rádio Globo que "sempre respeitou o América". "Inclusive, no jogo de domingo (25), respeitamos antes, durante e depois do jogo", ressaltou.

O dirigente mossoroense destacou as campanhas realizadas pelo Potiguar nos últimos quatro anos onde inclusive o "time macho" conquistou um título estadual.
A+ A-