Micarla quer investir este ano 75% do que o antecessor aplicou em 4 anos

Na leitura da mensagem anual, a prefeita fez promessas e criticou a gestão de Carlos Eduardo Alves.

Andréia Freitas,
Elpídio Júnior
“Em 2009 teremos disponíveis R$ 300 milhões para investir".
O retorno dos trabalhos na Câmara Municipal de Natal teve início com a leitura da Mensagem Anual da prefeita Micarla de Sousa, nesta terça-feira (3). No discurso a gestora municipal apresentou metas, destacou pontos importantes para a sua administração e criticou mais uma vez a administração do ex-prefeito Carlos Eduardo.

“O que apresentarei não é apenas um plano de governo, mas um balanço das necessidades e reivindicações que ouvi e anotei em cada bairro da cidade, assim como o que pretendemos fazer para melhorar Natal”, disse ela.

Mas o teor do discurso mudou quando a prefeita lembrou que a administração anterior deixou mais de 50% da arrecadação em 2009 comprometida com o pagamento de contas. Segundo a prefeita, um total de R$ 82.204.824,64 em dívidas de restos a pagar em 2008 de todas as fontes.

“Mesmo olhando para frente é preciso dar a devida transparência, sob pena de sermos acusados de omissão pela herança financeira e os problemas que encontramos na prefeitura ”, ressaltou a prefeita.

Micarla se comprometeu a investir, só no primeiro ano do governo, 75% do que foi investido durante toda a administração passada. “Em 2009 teremos disponíveis 300 milhões de reais para investir. Somando esse valor aos outros três anos que teremos pela frente totalizaremos 1 bilhão e 800 milhões de reais em investimentos”, enfatizou.

Sobre a votação da reforma administrativa, Micarla reforçou que o projeto deve ser encaminhado a Câmara Municipal para votação até o dia 15 de fevereiro, como já havia adiantando o líder da prefeita, vereador Enildo Alves (PSB).

Trânsito

Em relação aos problemas no trânsito da capital, a prefeita lembrou que que já são quase 250 mil veículos leves e pesados circulando pelas ruas e avenidades, além de quase 600 ônibus. "O desenho das 90 linhas de ônibus que hoje fazem 530 mil viagens por dia foi definido há 20 anos e não acompanharam o desenvolvimento econômico e territorial de Natal.

Para isso, Micarla pretende fazer a primeira licitação do transporte coletivo da história no município. "Vamos planejar o transporte urbano de nossa cidade e ter a coragem de fazer a primeira licitação", enfatizou a Prefeita de Natal.



A+ A-