Kim Jong-un pede a Putin para resolverem juntos questão nuclear

Ditador da Coreia do Norte disse que a península coreana é de grande interesse para toda a comunidade internacional.

Da redação, Agência Brasil,
Sergei Ilnitsky/Reuters
Ditador da Coreia do Norte Kim Jong-un se encontra com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em visita oficial.

O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, pediu hoje (25) ao presidente russo, Vladimir Putin, para trabalharem em conjunto de forma a resolver o problema da desnuclearização da península coreana.

"A situação na península coreana é de grande interesse para toda a comunidade internacional, espero que a nossas conversas sejam um evento importante para avaliar essa situação juntos, trocar opiniões sobre a situação e como resolver esse problema juntos", disse Kim, acompanhado de Putin, no dia em que teve início a primeira cimeira entre os dois líderes, na cidade portuária russa de Vladivostok.

O encontro ocorre após o fracasso do encontro entre Kim e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Hanói, em fevereiro.

Putin e Kim disseram hoje que confiam que a reunião irá contribuir para o processo de desnuclearização da península coreana e a normalização das relações entre Pyongyang e Seul.

Tags: Mundo
A+ A-