TCE condena ex-prefeito de Vila Flor a restituir R$ 250 mil

José Eristotes não prestou contas dos recursos repassados por convênio pelo Fundef. O dinheiro era para executar ações voltas ao magistério.

Redação,
A primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado votou em sessão plenária realizada nesta quinta-feira (13) as contas do ex-prefeito de Vila Flor, José Eristotes Neto, e o condenou a pagar R$ 250.820,70, valor atualizado.

José Eristotes não prestou contas dos recursos repassados por convênio pelo Fundef. O dinheiro era para executar ações voltas ao magistério.

O ex-prefeito foi ainda multado em R$ 1 mil e tem 15 dias para comprovar o recolhimento dos valores. Cabe recurso da decisão. Cópia da documentação foi enviada ao Ministério Público Especial do Estado para apurar possível prática de improbidade administrativa e de ilícitos penais. O conselheiro Alcimar Torquato de Almeida foi o relator do processo.

* Fonte: TCE.
A+ A-