Índia impõe confinamento a 1,3 bilhão de habitantes para conter coronavírus

Segundo país mais populoso do mundo adotará três semanas de restrição de circulação de pessoas.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Jewel Samad/AFP
Homem caminha pelo Portal da Índia em uma das regiões mais movimentadas de Nova Délhi, capital do país.

O primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, decidiu pelo confinamento total do país de 1,3 bilhão de habitantes durante três semanas para conter a pandemia do coronavírus . A decisão foi anunciada nesta terça-feira (24).

"A partir de meia noite, todo o país está confinado. Para salvar a Índia, para salvar cada cidadão, a vocês e suas famílias", afirmou Modi em um discurso transmitido pela televisão.

A decisão de Modi ocorre em um momento de preocupação com a propagação do coronavírus em comunidades empobrecidas e com a falta de capacidade dos sistemas públicos de saúde locais para tratar de um grande número de infectados.

Até o momento, as autoridades indianas relataram 469 casos ativos e 10 mortes. De acordo com uma contagem da agência de notícias Reuters, mais de 377 mil pessoas foram infectadas pelo vírus no mundo, com 16.520 mortes.

Tags: Coronavírus Índia
A+ A-