Carlos Eduardo atribui comportamento da Câmara à derrota nas eleições

Para o prefeito de Natal, vereadores estão agindo por ressentimento.

Luana Ferreira,
Vlademir Alexandre
Para Carlos Eduardo, o importante são as obras que está deixando para a cidade.
O prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PSB), comentou nesta terça-feira (23) o comportamento francamente de oposição que a Câmara Municipal tem adotado no final do seu mandato.  “São vereadores ressentidos com a derrota, mas isso não é importante”, comentou.

Nos últimos meses, os vereadores emplacaram uma Comissão Especial de Investigação (CEI) da Saúde, impediram a transferência de conta da Prefeitura para o Banco do Brasil e bloquearam o uso de R$ 40 milhões ganhos com a transferência, que seriam usados para pagamento de pessoal.

Agora, o vereador Salatiel de Souza (PSB) prepara mais uma ação contra o prefeito acusando-o do uso indevido de R$ 15 milhões da Previdência. O dinheiro foi usado para pagamento do décimo terceiro dos funcionários.

Apesar dos ataques, o prefeito tem adotado um comportamento blasé sobre o assunto. “O importante são as obras que estou deixando para a cidade. O resto não interessa”.

Sobre os R$ 40 milhões bloqueados em primeira e segunda instância pela Justiça, Carlos Eduardo disse que aguarda confiante uma decisão favorável do Supremo Tribunal Federal.
A+ A-