China está movendo tropas para Hong Kong, tuíta Trump

Não ficou imediatamente claro se Trump estava relatando novos movimentos ou a movimentação perto da fronteira já relatada na mídia.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Lam Yik Fei/The New York Times
Manifestantes pediram uma investigação independente sobre abuso de poder e negligência por parte da polícia.

A inteligência dos Estados Unidos alertou que a China está transferindo tropas para o território de  Hong Kong, em meio a intensos protestos contra o governo nesse centro financeiro semi-autônomo, informou o presidente Donald Trump nesta terça-feira, 13, pelo Twitter, utilizando a conta oficial da presidência.

"Nossa inteligência nos informou que o governo chinês está transferindo tropas para a fronteira com Hong Kong. Todos devem permanecer calmos e a salvo!", escreveu Trump na rede social.

Não ficou imediatamente claro se Trump estava relatando novos movimentos ou a movimentação perto do território semi-autônomo já relatada na mídia.

Além disso, Trump comentou que alguns culpam ele e os EUA pelos "problemas acontecendo em Hong Kong", o que ele sugeriu que não faz sentido.

Hoje, a polícia de Hong Kong entrou em um aeroporto e confrontou manifestantes pela democracia, realizando ainda prisões. Há o temor de que, diante dos protestos, autoridades da China determinem uma intervenção mais dura em Hong Kong.

Na segunda-feira, havia a ameaça de intervenção do governo chinês para pôr fim à onda de protestos no país. O jornal chinês Global Times publicou um vídeo das forças policiais chinesas se preparando para uma possível intervenção.

Tags: China Estados Unidos Hong Kong Mundo
A+ A-