Baraúnas tenta remontar base da equipe campeã em 2006

O técnico Paulo Moroni e o presidente João Dehon iniciaram contratações de "velhos conhecidos"

Redação,
Vlademir Alexandre
Josicley é um dos jogadores que devem defender o Baru em 2009
O zagueiro Pedrosa confirmou seu retorno ao Baraúnas, equipe onde foi campeão em 2006, quando a equipe foi comandada pelo técnico Paulo Moroni, com quem vai trabalhar novamente em 2009. Faltam alguns detalhes para que o contrato seja assinado.

O atleta é uma das peças do tabuleiro na montagem do resgate ao time campeão estadual de 2006. Já acertaram seus vínculos os jogadores Índio (zagueiro) e Maurício Pantera (atacante), além do goleiro Isaías e do meia Ely Thadeu, que deverão ser os próximos.

Pedrosa confirmou ter recebido uma proposta da equipe do ASSU, mas decidiu pelo Baraúnas, pela família e o bom relacionamento com o clube e a torcida. "Me sinto bem jogando aqui, onde fui campeão duas vezes, além de estar perto da família. Também vou ser pai em fevereiro e quero estar ao lado da minha esposa para dá total apoio", justificou o atleta, que preteriu o convite do ASSU para ficar em Mossoró.

"Houve o contato do ASSU, através do zagueiro André Luiz, que está sendo o responsável pelas contratações do time, mas não aceitei. Além de ver o lado da família e da cidade, eu já tinha fechado com o Baraúnas e ficaria chato voltar atrás. Eles entenderam".

Além do título estadual de 2006, Pedrosa foi campeão da Copa RN do ano passado. É jogador da confiança do futuro presidente João Dehon e também do técnico Paulo Moroni.

Outros nomes
Além de Pedrosa, especula-se que o Baraúnas acertou com o zagueiro grandalhão André Ricardo (2,05m de altura), o lateral-esquerdo Léo Marinho, o apoiador Adeílson, o meia Jozicley e os atacantes João Batista e Robson. O detalhe é que Léo Marinho foi preterido pelo próprio clube no ano passado e agora terá a chance de mostrar finalmente o seu trabalho na equipe.

Com informações do Jornal DeFato
A+ A-