4ª Cruzex começa movimentação na Base Aérea de Natal

Dia começou com a chegada de aviões da Força Aérea da França.

Artur Dantas,
Fotos: Vlademir Alexandre
Cruzex é o maior exercício de combate aérea combinado da América do Sul.
Na manhã deste sábado (1), teve início a 4ª Operação Cruzeiro do Sul, Cruzex, que em 2004 desembarcou pela primeira vez em Natal. A operação, que se estende até o dia 14, terá a participarão de 1.800 militares brasileiros, além de 40 estrangeiros que realizam o exercício de guerra simulada.

O tenente coronel Henry explicou que a chegada dos aviões dos demais países acontecerá ainda neste sábado. Entretanto, a movimentação das naves de carga de diferentes bandeiras começou desde o início da semana, trazendo suprimentos e equipamentos que serão utilizados no combate.

Coordenada pela Força Aérea Brasileira (FAB), a 4ª Cruzex é o maior exercício de combate aérea combinado da América do Sul.

Participam da simulação a França, Argentina, Chile, Uruguai e Venezuela, que serão divididos em países amigos, representados pela cor azul, e inimigos, pela vermelha. Há ainda a participação das Forças Aéreas da Colômbia, Espanha, Peru, Estados Unidos e Paraguai.

Além dos exercícios aéreos, outros setores serão mobilizados durante a operação. A Base Aérea conta ainda com um sistema de alimentação, comunicação e de um Hospital de Campanha Tático (HCAMP). O tenente coronel Henry lembrou que os exercícios procuram simular cenários de guerra com muita eficiência.

Ele disse que a guerra simulada tem o objetivo de trabalhar ações de combate em diferentes circunstâncias, na qual os dados são analisados no final. “Hoje em dia não existem mais as guerras de um país contra o outro. O que acontece é que são formadas coalizões envolvendo vários países que se unem em torno de um objetivo comum”, disse.
A+ A-