Boeing sofre acidente ao pousar em Londres

Seis dos passageiros tiveram ferimentos leves. Ainda não se sabe ao certo o que pode ter causado o acidente.

BBC Brasil,
BBC Brasil
O avião vinha de Pequim e tinha 152 pessoas a bordo.
Um Boeing 777 da empresa aérea British Airways fez nesta quinta-feira um pouso de emergência no aeroporto de Heathrow, em Londres, com 136 passageiros e 16 tripulantes a bordo.

O avião, vindo de Pequim, na China, pousou antes da pista e perdeu o trem de pouso traseiro, escorregando “de barriga” pelo chão até parar.

Seis dos passageiros tiveram ferimentos leves. Ainda não se sabe ao certo o que pode ter causado o acidente.

Segundo um funcionário do aeroporto ouvido pela BBC, o piloto disse que o avião ficou sem energia em pleno vôo. Os equipamentos eletrônicos da aeronave também teriam falhado.

Uma das pistas do aeroporto, um dos mais movimentados da Europa, foi fechada para permitir que peritos examinassem o local, e um inquérito foi aberto pelo Departamento de Transportes britânico.

A polícia já descartou a possibilidade de que o acidente seja relacionado a algum tipo de ataque extremista.

“Simplesmente caiu”

O acidente do vôo BA 038 ocorreu às 12h42, hora local (10h42, hora de Brasília).

Uma testemunha, que estava em um táxi nas proximidades, disse que “as rodas do avião caíram, e as portas voaram para fora”.

"O avião vinha baixo demais, quase tocou no teto do táxi em que eu estava”, disse John Rowland.

"O avião bateu na pista, com destroços voando para todos os lados."

Falando à BBC, um dos passageiros do vôo, Fernando Pardo, disse que não houve “nenhum sinal de problema” até que o avião aterrissou.

“Foi tão rápido que não deu para perceber o que aconteceu exatamente. Não houve nenhum pânico.”

Outro passageiro, Paul Venter, disse que só percebeu que havia algum problema quando a avião estava prestes a pousar.

“As rodas (do trem de pouso) foram acionadas e nós fomos para o pouso, e no momento seguinte o avião simplesmente caiu.”

“Quando tudo parou, eu olhei pela janela e o trem de pouso tinha se soltado, e o avião estava na pista ‘de barriga’.”

“Eu não falei com o piloto, mas eu vi ele, ele estava bem pálido”, completou.

Brown

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, esteve entre os milhares de passageiros no aeroporto que tiveram seus vôos atrasados por causa do acidente.

Ele embarcou nesta quinta-feira, em Heathrow, para uma viagem à China e à Índia.

Todos os vôos de curta distância que sairiam do aeroporto a oeste de Londres no resto do dia foram cancelados, e alguns outros vôos foram cancelados ou transferidos para os aeroportos de Luton e Stansted, ao norte da capital britânica.

Muitos dos demais vôos com decolagem prevista em Heathrow sofreram atrasos que chegaram aos 90 minutos, em alguns casos.
A+ A-