Rio do Fogo: prefeito anula concurso público realizado em 2008

Egídio Dantas de Medeiros Filho levou em consideração a ausência de documentos que “comprovem a habilitação técnica dos aprovados”, principalmente e Saúde e Educação.

Fred Carvalho,
O prefeito de Rio do Fogo, Egídio Dantas de Medeiros Filho, anulou o concurso público realizado pela Prefeitura Municipal em 2008. Ele levou em consideração “a ausência de documentos na sede da Prefeitura Municipal que comprovem a habilitação técnica dos aprovados, principalmente nas áreas de Saúde (enfermeiros sem registro no Coren) e Educação (coordenador pedagógico e secretário escolar)”.

A decisão do prefeito, tomada através do decreto número 003/2009, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de sábado (7). Egídio Dantas também alegou que “não tramitou pela Câmara Municipal de Rio do Fogo nenhum projeto de lei que regulamentasse ou autorizasse a realização do concurso e a criação dos cargos listados no Edital n° 001/08”.

De acordo com o texto do decreto, outra falha no concurso é “foram nomeados e empossados mais candidatos do que o número de vagas previstas no Edital 001/08”.

Egídio Dantas determinou que o secretário de Administração comunique ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado da decisão.
A+ A-