CEI da Saúde conclui relatório

Investigação sobre cerca de R$ 2 milhões desviados da Saúde consumiu dois meses de trabalho de vereadores da Câmara Municipal. Relatório será entregue hoje (16).

Luana Ferreira,
Luana Ferreira
Aparecida França durante acareação, terça (9), no plenário da Câmara.
A Comissão Especial de Investigação (CEI) da Câmara Municipal de Natal que procurou esclarecer o destino de cerca de R$ 2 milhões que saíram da Secreatria da Saúde entre 2002 e 2003 entrega o relatório final nesta terça-feira (16).

Depois de investigar durante dois meses as contas da Secretaria Municipal de Saúde e entrevistar, entre outros envolvidos, os ex-secretários Enildo Alves (PSB) e Aparecida França (PC do B), a chamada CEI da Saúde deve terminar como começou: apenas com a comprovação de que o montante foi usado para fins externos à Saúde.

O relator da CEI, Salatiel de Souza (PSB), fez suspense sobre a divulgação do relatório, que acontece logo mais, às 14h30 na Câmara Municipal. Ele não confirmou se a data marca o fim do processo e não quis opinar sobre o conteúdo do relatório. Perguntado se a investigação foi positiva, disse apenas: “Toda investigação é positiva”.

Mesmo com a ajuda da Polícia Federal, que também investiga o desvio, e com o detalhamento das contas pela Caixa Econômica Federal, a CEI foi prejudicada pelo desaparecimento de processos que atestam o destino dos recursos.

Durante os dois meses de investigação, o que mais marcou a CEI foi “jogo do empurra” entre Enildo Alves e Aparecida França, transmitido ao vivo pela TV Câmara. Eles chegaram a fazer uma acareação, onde o vereador acusou a ex-candidata a vereadora de não conhecer o Sistema Único de Saúde e foi interrompido por ela, que pediu “mais respeito”.
A+ A-