Governadora acredita que o RN está no rumo certo para enfrentar crise financeira

Entre as medidas adotadas para enfrentar a crise, Wilma de Faria citou a ampliação do teto para micro e pequenas empresas.

Ana Paula Oliveira,
Diógenes Dantas:  A senhora já tomou as primeiras medidas em relação à crise se reunindo com os empresários. Até que ponto o Rio Grande do Norte vai resistir às truculências do sistema financeiro?

Wilma de Faria: Estamos trabalhando junto com os empresários e a sociedade. Acredito que estamos no caminho certo. Nesse sentido, fizemos um pacto anti-crise. Os empresários se comprometeram que não farão demissões nos próximos quatro meses. Entretanto, tomamos diversas medidas em vários setores, como a ampliação do teto para micro e pequenas empresas de R$ 1,2 milhão para 1,8 milhão. O Rio Grande do Norte foi o primeiro estado do Brasil a fazer isso. Além disso, antecipamos o Décimo Terceiro do servidor para esta quarta-feira, dia 10.
A+ A-