Óleo encontrado nas praias do Nordeste pode ser da Venezuela

Jornal Folha de São Paulo aponta que análises da Petrobras indicam origem venezuelana.

Da redação, Com informações da Folha de São Paulo,
Divulgação
Manchas de óleo começaram a aparecer nas praias do Nordeste desde o início do mês de setembro.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira (7) que já há uma suspeita sobre a origem da mancha de petróleo que atinge o litoral do Nordeste desde o mês passado. Segundo ele, o mais provável é que tenha sido um vazamento causado por um navio e que o produto não é produzido e nem comercializado no Brasil. Questionado, Bolsonaro disse não poder revelar ainda o país de origem do óleo. 

Contudo, o jornal Folha de São Paulo destaca nesta terça-feira (8), que o óleo pode ter origem venezuelana. Segundo o periódico, a informação é de análises realizadas pela Petrobras – que ainda não foram divulgadas oficialmente.

A Folha destacou ainda que essas análises foram enviadas pela estatal ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama). A Petrobras teria comparado o óleo encontrado nas praias com amostras de óleo da Venezuela e diante da comparação – identificado à origem do material.

A conclusão reforça a suspeita de que o óleo que chegou às praias do Nordeste tenha vazado de algum navio.

Um inquérito foi aberto pela Polícia Federal (PF), na semana passada, para apurar a origem da substância. A contaminação também é monitorada por órgãos como o Ibama e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) desde o dia 2 de setembro, quando as primeiras manchas foram localizadas no litoral nordestino. 

As manchas de óleo começaram a aparecer nas praias do Nordeste no mês de setembro. Desde então, o material foi encontrado em pelo menos 109 locais de 50 municípios e em oito estados, entre eles o Rio Grande do Norte.

O litoral dos estados do Maranhão, Piauí, Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Sergipe também foram afetados. Entre as praias atingidas estão alguns dos destinos turísticos mais famosos do Nordeste, como Pipa e Natal (RN), Carneiros, Porto de Galinhas, Boa Viagem (PE) e João Pessoa (PB).

Tags: Meio Ambiente Natal Nordeste Óleo Pipa Praias Rio Grande do Norte
A+ A-