Menos da metade dos locais atingidos por óleo no RN passam por limpeza

Prefeituras realizam trabalho de retirada do produto tóxico sob orientação do Idema.

Rafael Araújo, Com informações do Estadão ,
Flávio Lima/Projeto Cetáceos
De acordo com o Idema, dos 31 locais atingidos por manchas de óleo no Estado, apenas 15 passam por limpeza.

Dos 31 locais afetados por manchas de óleo no Estado, apenas 15 passam por limpeza. A informação foi confirmada pela assessoria do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). O vazamento de óleo em praias e rios do Nordeste já atinge 138 localidades, nos nove Estados da região.

Segundo o Idema, somente os municípios de Maxaranguape, Touros, Tibau do Sul, Parnamirim e Nísia Floresta estão realizando a limpeza das áreas afetadas pelo produto tóxico.

Os pontos que passam por limpeza são: Praia de Maracajau, Praia de Caraúbas e Cabo de São Roque, Praia de Touros, Praia do Calcanhar, Praia de Tibau do Sul, Pra do Amor, Pirambu, Praia do Juz, Praia de Pirangi, Ponta da Ilha Verde, Camurupim, Barra de Tabatinga (Praia das Tartarugas) e Pirambuzios.

Ainda de acordo com o Idema, os cinco municípios que iniciaram o trabalho, assim como os demais que ainda não realizaram o serviço, foram orientados pelo órgão sobre o procedimento adequado para a retirada do óleo.  

Em função disso, o órgão ressalta que é importante que a coleta seja feita utilizando-se ferramentas como rastelos e pás, acondicionando provisoriamente o material em recipientes plásticos, enquanto o produto não for retirado do local, procurando proteger-se do contato direto com o resíduo, não podendo ser retirado por tratores.

Quantidade de óleo nas praias e rios

Na última segunda-feira (7), o ministro do Meio Ambiente. Ricardo Salles, publicou no twitter que já havia sido retirado mais de 100 toneladas de óleo das praias e rios do Nordeste. Apesar dessa informação, a assessoria de comunicação do Idema do Rio Grande do Norte informou que ainda não foi possível estimar a quantidade de óleo retirada dos pontos atingidos no Estado.

Ainda de acordo com o Idema, não é possível precisar a quantidade porque a retirada de óleo é feita pelas prefeituras.

Confira os locais atingidos por óleo no RN

RN-H


Tags: Litoral potiguar Manchas Meio Ambiente Óleo Rio Grande do Norte
A+ A-